Número total de visualizações de página

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

6. Conheça bem o seu computador e navegue com segurança pelas janelas de diálogo.



1. Para ligar o Computador basta accionar o interruptor de corrente de alimentação, normalmente um botão.  2. O Arranque do Windows em qualquer das versões conhecidas, 95, 98, Milénio, XP, 2000 Profissional ou Vista,  depois de inicializar ficheiros auto-executáveis, mostrar-lhe-á uma janela inicial com uma barra de ferramentas em baixo. 3. Durante este processo o windows executa milhões de tarefas de rotina em escassos segundos, todas de iniciativa pré-estabelecida pelo construtor e o administrador de sistema, tais como o reconhecimento de todo o hardware existente e posteriormente, repõe as definições do utilizador que inicia a sessão tais como as deixou da última utilização. 4. Procede como um verdadeiro guardião de uma imensa casa que ao regressar à mesma, verifica meticulosamente com um rigor infalível, tudo o que existe e se está operacional, na hipotética situação, de que, se algo de anormal se passou durante a ausência. 5. O windows é o primeiro e fidelíssimo guardião do computador, faz parte integrante da interactividade do utilizador, actuando como medianeiro entre a vontade do utente e os meios que disponibiliza na sua casa, bem complexa, mas que a conhece tão bem que lhe basta momentos para estar pronto a dar as boas vindas ao utente que inicia a sessão. 6. Seria muito extensivo enumerar desde já, toda a configuração ambiente, que o windows registou para disponibilizar. 7. Desde níveis de Memória RAM, ROM, periféricos de input /output, interfaces telefónicos, vídeo, voz , disco rígido, Compact Disc, fontes de energia, controladores de software e hardware, portas de saída e entrada de todo o tráfego imenso da informação, “máquinas e ferramentas” etc. 8. Ao ligar o computador, o utente tem acesso a um “ilimitado” conjunto de tarefas cujos limites dependem somente dos acessos autorizados ao seu user-name e password. 9. Consoante as definições escolhidas pelo utilizador na sua última sessão, assim o monitor se apresentará configurado:
10. Os símbolos que aparecem no Ambiente de Trabalho (desktop), servem para identificar cada conjunto de programas e/ou hardware, tornando mais simples e familiar o seu acesso. Os monitores poderão ser tácteis, e, deste modo, é conveniente que todo o software seja adaptado à função táctil, com símbologia maior, não necessáriamente imperativo:

Sem comentários:

Enviar um comentário